Dizem que em algum lugar, parece que no Brasil, existe um homem feliz

Oh, Mayakovsky! Apaixonei-me por ti no instante em que ouvi teu nome. Tão melódico, tão Mayakovsky. Isso foi há alguns meses numa aula de História da Arte no Brasil. Não, não tem nada a ver com arte brasileira. Mas meu professor é um verdadeiro mestre. Conhecedor da boa, velha e atual História, transmitiu seus vastíssimos conhecimentos acerca das artes de maneira tão admirável e apaixonante, fazendo conexões e estabelecendo diálogos que para mim, até então, eram muito improváveis. E dessas análises, Vladimir Mayakovsky surgiu.

Poeta. Dramaturgo. Teórico. Futurista. Linguagem cotidiana. Poesia.Revolucionária. Nasceu na Geórgia – que era Rússia – em 1893. Cometeu o crime imperdoável: suicidou-se em 1930. Que perda para a humanidade. Quanta beleza deixou.

Sua poesia fala do amor. Fala da idade. Do futuro. Envelhecer talvez não fosse sensato.

Com a palavra, estimadas mocinhas, Vladimir Mayakovsky:

Dedução

Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.

A FLAUTA-VÉRTEBRA

A todas vocês,
que eu amei e que eu amo,
ícones guardados num coração-caverna,
como quem num banquete ergue a taça e
[ celebra,
repleto de versos levanto meu crânio.

Penso, mais de uma vez:
seria melhor talvez
pôr-me o ponto final de um balaço.
Em todo caso
eu
hoje vou dar meu concerto de adeus.

Memória!
Convoca aos salões do cérebro
um renque inumerável de amadas.
Verte o riso de pupila em pupila,
veste a noite de núpcias passadas.
De corpo a corpo verta a alegria.
esta noite ficará na História.
Hoje executarei meus versos
na flauta de minhas próprias vértebras.

“O século 30 vencerá.! Ressucita-me para que ninguém mais tenha que sacrificar-se por uma casa, um buraco.Ressucita-me para que o Pai seja ao menos o Universo e a Mãe, no mínimo a Terra.”

“O coração tem domicílio no peito.

Comigo a anatomia ficou louca.

Sou todo coração.”

L.

Anúncios

3 opiniões sobre “Dizem que em algum lugar, parece que no Brasil, existe um homem feliz

comenta, moça!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: